Zeca vence e sai em vantagem na semifinal da Super Copa Gaúcha

Após os festejos da conquista da Chave Sul do Campeonato Valmir Louruz, o São José voltou a campo na tarde desta segunda-feira – 02/11, para enfrentar o União Frederiquense. Desta vez, em jogo válido pela Super Copa Gaúcha. As duas equipes pisaram no gramado do estádio Vermelhão da Colina em busca da tão sonhada vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. Dois gols em 15’min deram ao Zeca a vantagem para o confronto de volta. Mesmo se for derrotado por 1 a 0 no Passo d’Areia, a vaga fica em Porto Alegre. O gol de Dewid deu esperança para a equipe de Frederico Westphalen tentar a classificação em Porto Alegre.

Foto: Renato Padilha

Foto: Renato Padilha

Se alguém esperava um jogo amarrado no início, se deu mal. Os times optaram por se lançar ao ataque, ao invés do clássico “primeiro tempo sonolento” – onde ambos ficam se estudando. E quem saiu na frente foi o visitante. Aos 12’min, Guedes recebeu passe após jogada de Heliardo pela direita e abriu o placar para o Zequinha.

Menos de 2’min depois, a equipe do técnico China já marcava 2 a 0 para cima do União. Aos 14, após cobrança de escanteio, o zagueiro Wagner subiu mais que todo mundo e mandou a bola para as redes do goleiro Lucio.

Com 2 x 0 no placar, o jogo parecia se encaminhar para uma goleada do São José. Foi quando o time da casa reagiu. Aos 17 minutos Welder tocou para Dewide, o meia recebeu dentro da grande área, driblou o marcador e, na saída de Fabio, colocou rasteiro no canto esquerdo.

No final do primeiro tempo o árbitro da partida, Luis Teixeira expulsou 1 jogador de cada lado. Depois da confusão que se originou de um lance dentro da área do São José. O zagueiro Gil, do União Frederiquense e o volante Fred, do São José levaram o cartão vermelho.

A segunda etapa começou com pressão do time da casa. Logo aos 20 segundos Nicolas invadiu a área, desviou do goleiro, mas a bola passou a frente da meta defendida pelo goleiro Fábio.

O segundo tempo foi de equilíbrio entre as duas equipes, os comandantes fizeram trocas dos dois lados mas nenhuma teve o resultado esperado. Os últimos 30’min de jogo foram de poucos lances de gol. A tarde chuvosa e o campo pesado dificultaram para ambos. Melhor para o Zeca que voltou para Porto Alegre com a vantagem.

O São José joga por qualquer empate, vitória ou derrota por até 1 a 0, para poder chegar à final da Super Copa Gaúcha. Já o União Frederiquense precisa vencer por dois gols de diferença ou por apenas um gol, desde que o placar seja acima de 3 x 2. Se repetir o resultado de 2 a 1 a favor do time do norte do estado, a decisão da vaga vai para as penalidades máximas.


São José e União Frederiquense voltam a se enfrentar nesta quinta-feira – 05/11, às 17h00min. Para decidir quem fica com a vaga na final da Super Copa Gaúcha.


Ficha Técnica do jogo:

São José: Fabio; Spessato (Bindé), Wagner, Samuel (Alberto) e David; Fred, Felipe Guedes, Clayton (Guilherme) e Rafinha; Diego Torres (Jean Roberto) e Heliardo (Carlos).

Técnico: China

União Frederiquense: Lucio; Cristiano (Fonseca), Thalheimer, Gil e Busanello; Jovany, Willian Bones (Nilton Júnior), Marcio Reis e Dewide; Nicolas e Welder (Mattana).

Técnico: Marcelo Caranhato.

Gols: Guedes e Wagner, para o São José e Dewid para o União Frederiquense.

Arbitragem:

Árbitro: Luis Teixeira
Aux. 1: Lúcio Flor
Aux. 2: Leirson Martins
Aux. 4: Marcelo Pereira
Delegado: Claudemir Carvalho


Veja imagens da partida clicando aqui.

You may also like...