Seja um torcedor consciente

A decisão do procurador do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de denunciar o Internacional por injúria racial serve de exemplo a todas as torcidas do Estado. Torcer, apoiar e até vaiar a equipe são missões da torcida. Mas tenha consciência dos limites para não prejudicar o clube.

farrapos
Alberto Franco confirmou na última sexta que oferecerá a denúncia a partir do flagrante de um torcedor xingando o lateral Fabrício, o chamando de “macaco”. Na denúncia, o procurador deverá pedir a perda dos pontos da partida como punição. A situação repete o episódio protagonizado por torcedores do Grêmio contra o goleiro Aranha, do Santos, no ano passado.

Mas o alerta vai muito além dos crimes relacionados ao racismo. Episódios de brigas e de agressões contra torcedores rivais já foram observados pela direção do São José dentro da torcida do clube este ano.

Neste domingo, se faça presente no Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo, e repita o papel que o torcedor do Zeca teve no Estádio Beira-Rio este ano.

Torcedor, seja o principal jogador do Zeca na busca da classificação.

You may also like...