São José é o Campeão da Super Copa Gaúcha 2015

Debaixo de muito sol, São José e Cruzeiro se enfrentaram para decidir quem seria o grande Campeão da Super Copa Gaúcha 2015. O Estádio Passo d’Areia recebeu grande público na tarde deste domingo, dia 15/11.

Com a vantagem de ter vencido o confronto de ida, o Zeca tinha tudo para levantar a taça. Mas o Cruzeiro queria fazer de tudo para estragar a festa do rival no Passo d’Areia. Tanto que logo aos 10’min de jogo abriu o placar balançou as redes com Juninho Tardelli. O meia recebeu na entrada da área e acertou um chute certeiro no canto esquerdo do goleiro Fábio.

Sem a vantagem, a equipe do técnico China teve que começar a procurar mais o caminho do gol adversário. Aos 18’min, Rafinha cobrou uma falta frontal, mas a bola passou raspando o travessão. Nos 10’min seguintes o goleiro Anísio, do Cruzeiro foi obrigado a realizar duas grandes intervenções. Aos 20’min, o arqueiro saiu com precisão abafando o chute de Spessato. Depois aos 30’min, o goleiro fez outra grande defesa, após boa troca de passes entre Clayton, Rafinha e Jô, a bola terminou nos pés do camisa 10’ do Zeca que não conseguiu finalizar.

Próximo do fim do primeiro tempo, o Cruzeiro voltou a ameaçar. Em cruzamento vindo da esquerda, a bola sobrou para Juninho que arrematou mas parou nas mãos do goleiro Fábio.

Ainda na primeira etapa, Heliardo entrou no lugar de Guedes, que saiu sentindo a coxa direita. A substituição deu outra cara para o time, que passou a ter mais a posse de bola. Aos 45’min, Rafinha recebeu bom passe pela esquerda, o meia passou pelo goleiro e sem ângulo finalizou no travessão.

Já no segundo tempo, o lateral Nenê foi expulso pelo árbitro da partida Leandro Vuaden, após cometer falta no goleiro Fábio. Restando 40 minutos de jogo, e com um homem a mais em campo, o São José passou a dominar as ações em campo. Domínio que se converteu em gol, aos 20’min da etapa complementar. Em cobrança de escanteio, a defesa do Cruzeiro afasta mal e a bola para nos pés de Jô, o atacante limpa o marcador, chuta e acerta o canto direito do goleiro Anísio. Deixando o placar tudo igual e colocando o Zeca com a mão na taça.

O São José continuou ditando o ritmo do jogo. O Cruzeiro teve que se manter nos contra-ataques para chegar ao ataque. O zagueiro Wagner ainda acertou uma cabeçada no travessão, aos 38’min do segundo tempo. Dez minutos depois, aos 48’min, Guilherme que havia entrado no lugar do meia Clayton, fez boa jogada pela direita, cruzou para Heliardo que acertou a trave, no rebote Rafinha obrigou o goleiro Anísio a fazer outra excelente defesa para manter o placar empatado.

O São José continuou buscando o ataque, até o apito final. Foi quando a festa tomou conta do Passo d’Areia.


 

Ficha técnica do jogo:

São José: Fábio; Spessato (Bindé), Luis Gustavo, Wagner e David; Fred, Guedes (Heliardo), Clayton (Guilherme) e Rafinha; Jô (Jean Roberto) e Diego Torres (Alberto).

Técnico: China Balbino

Cruzeiro: Anisio; Nenê, Carlão, Lucas Santos (Henrique) e Otávio (João Henrique); Janderson (Pedro Raul), Raymond, Reinaldo e Juninho Tardelli (Julio Abú); Vinicius e Vini(Tawan).

Técnico: Luis Antônio Zaluar

Arbitragem:

Árbitro: Leandro Vuaden
Aux. 1: Julio dos Santos
Aux. 2: Lúcio Flor
Aux. 4: Eleno Todeschini
Delegado: Silvio Aquino


Para ver imagens do jogo, clique aqui:

You may also like...