Grama sintética recebe elogios

O estádio do Atlético Paranaense, Arena da Baixada em Curitiba, segundo no Brasil a mudar gramado para grama sintética. O pioneiro foi o São José em 2011, em jogo pela Copa Brasil contra o Paulista, com vitória do Zequinha por um a zero. No site globo esporte, os treinadores dos dois times no jogo entre Atlético Paranaense e Criciúma, elogiaram o novo gramado da Arena da Baixada.

Cristóvão Borges comentou sobre o gramado artificial e falou das diferenças:

-Um gramado de boa qualidade, e é isso que nós queremos. A adaptação foi rápida, e ela é tão boa que o adversário também se adaptou. Mas o jogo fica mais rápido. E, como o Criciúma se defendeu, a equipe teve que se esforçar muito. Nossa equipe é de qualidade técnica. Para que tudo jogue à favor, tem que ter organização, aí dá para tirar proveito – afirmou o treinador do Atlético-PR em entrevista coletiva após a partida de quarta-feira, válida pela Primeira Liga.

O técnico do Criciúma, Roberto Cavalo, rasgou elogios à grama sintética da Arena da Baixada. Assim como o comandante rubro-negro, ele destacou que o jogo ganha em velocidade e que jogadores sem técnica vão sofrer no local:

– Está aprovado. Espetacular, bonito. É um campo para se jogar futebol. Não vai ser um campo para jogar só na marcação. Você vai ter que ter atletas com qualidade técnica, que faça o passe de primeira, o drible, a velocidade… E jogadores que não tiveram uma certa velocidade não conseguem jogar neste campo até porque a bola é rápida. Então, tem que ter esta característica. Está de parabéns toda a diretoria do Atlético – opinou o treinador do Tigre em coletiva pós-jogo.

abaixo link com matéria completa sobre o jogo:

http://globoesporte.globo.com/pr/futebol/times/atletico-pr/noticia/2016/02/no-primeiro-teste-grama-sintetica-da-baixada-e-aprovada-ate-pelo-criciuma.html

You may also like...